ETA - ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA

Uma ETA ou Estação de Tratamento de Água tem como função remover impurezas e contaminantes presentes nela, para que ela possa ser reutilizada para outros fins, como por exemplo, torres de resfriamento, limpeza de pisos, entre outros mais.
O reuso de água industrial é um processo muito benéfico, em vários sentidos, pois os efluentes serão descartados pela empresa de acordo com o exigido por legislações estaduais e federais. Além disso, o reuso da água que passar por uma ETA fará com que a empresa economize recursos hídricos, contribuindo tanto para a preservação do meio ambiente quanto para uma economia para a empresa.

PROCESSOS DA ETA

Nessa etapa, a Estação de Tratamento de Água agrupa em ação coagulante as impurezas presentes na água, em partículas maiores, que quando passam pelo processo de decantação podem ser removidas. Esses reagentes usados – que geralmente são o Sulfato de Alumínio e o Cloreto Férrico – podem ser denominados coagulantes.

Os flocos formados são separados da água pela ETA e isso ocorre a partir da ação de gravidade nos tanques.

A água decantada na ETA é encaminhada para as unidades filtrantes. Nesse momento, um filtro desenvolvido em um meio poroso granular, instalado sobre um sistema de drenagem, retém e remove as impurezas ainda restantes na água.

A desinfecção de águas realizada na ETA ocorre por meio de um agente físico ou químico. Sendo assim, acontece a destruição de microrganismos patogênicos. Os agentes desinfetantes utilizados geralmente são o cloro, ozônio, luz ultravioleta e íons de prata.

A fluoretação da água realizada no ETA, é efetuada a partir de compostos à base de fluor. Aplicado na água, esse composto reduz a incidência de cárie dentária em até 60%.

CONHEÇA NOSSAS DEMAIS ESPECIALIDADES:

DESEJA SABER MAIS SOBRE O EQUIPAMENTO?

Preencha o formulário, ou ligue-nos diretamente nos telefones abaixo e fale com um especialista:
(11) 2542-3300
(11) 2545-3300